LOGO-InfoTruck-PNG-SemFundo-3

Startup de meios de pagamento pode gerar economia de R$ 26 milhões a empresas de transporte

Tempo de Leitura: 2 minutos

Através de cartão de abastecimento, a TruckPag Meios de Pagamento gerou economia tributária milionária para seus clientes

A TruckPag, startup de Meios de Pagamento com foco em Gestão de Abastecimento, desenvolveu condições para os seus clientes economizarem R$ 26 milhões em 2021. O valor refere-se ao imposto que pode ser cobrado pelas empresas de combustíveis na hora do abastecimento. “Em termos práticos o crédito tributário permite que a empresa faça o abatimento ou restituição do valor do imposto dentro do prazo estabelecido”, diz Fernanda Bortoluzzi Lorenzetti, diretora de Receita da TruckPag. “Tudo é feito dentro da lei e fazendo valer o direito das transportadoras”, completou.

Este valor de R$ 26 milhões confere a aproximadamente 15% do imposto arrecadado no ato do abastecimento de combustíveis com o Cartão TruckPag, meio utilizado para gestão e controle de abastecimentos e manutenções do veículo. Sendo assim, no ano, as 297 empresas que utilizam o cartão movimentaram mais de R$ 183 milhões em operações de abastecimento. Quando comparados à 2020, os números são ainda mais expressivos. No ano retrasado, o número de clientes era menos da metade – 125 ao todo – e as transações chegaram à R$ 52,3 milhões, pouco mais de um quarto de 2021.

Assistência e Serviços

A TruckPag presta todo o suporte e assistência para as transportadoras na aplicação de economia tributária. Assim, proporcionando uma redução nos preços de combustíveis. A empresa ainda realiza gratuitamente a conciliação da emissão de notas fiscais dos custos do combustível pago pelas transportadores, para que haja compensação do PIS/Cofins. Essa compensação só é possível pois a transportadoras realizam o recolhimento desse tributo diariamente.

Os termos “conciliação” e “compensação” são, respectivamente, checagem da veracidade dos documentos fiscais e a possibilidade da restituição dos valores em impostos pagos. Dessa forma, “As transportadoras recolhem PIS/Cofins quando faturam seus serviços e é considerado como insumo essencial a sua operação, e isso permite esse ajuste”, explica Fernanda.

O grupo checa as notas fiscais e os principais itens envolvidos no processo do abastecimento. Por exemplo, o valor do litro, total abastecido, litragem do que foi adquirido, data da realização do abastecimento e CNPJs envolvidos. Tanto da transportadora quanto do posto em que ocorreu o abastecimento.

A TruckPag oferece essa checagem em contrato, sendo assim, não sendo cobrado a mais pelo serviço. “É um direito do cliente e como seu parceiro buscamos zelar pelos interesses dele”, afirma a executiva.

A startup atende os mais diversificados perfis de frota, variando desde 5 veículos até 200 caminhões.

InfoTruck

InfoTruck

Somos um veículo de informação do segmento de Transporte e Logística .

InfoTruck, sua rota da informação!