LOGO-InfoTruck-PNG-SemFundo-3

Renault Master elétrico chega no próximo semestre para fazer frente aos maiores da categoria

Tempo de Leitura: 2 minutos

Master e-Tech, comercial leve da montadora na versão 100% elétrica, chega no segundo semestre

O Renault Master por si só já havia abalado o mercado, trazer muito mais economia que seus concorrentes e um visual totalmente novo e despojado. Mas a gigante francesa não parou por aí e, ainda neste ano o modelo ganhará a versão elétrica, alimentada por baterias.

O Master e-Tech será 100% elétrico e é mais um que faz parte do plano de abertura da Renault para a modernidade da eletrificação. Desde o começo da década passada, modelos como Zoe e Kangoo – elétricos – já haviam sido entregues para as empresas. Posteriormente, o Hatch elétrico Zoe começou a ser comercializado para o público amplo.

Com mais de 500 veículos à bateria circulando em nosso território, a Renault pretende multiplicar esse número. O Master e-tech será importado e ainda não possui informações sobre durabilidade e autonomia, mas sabe-se que ele virá com as mesmas formas que circularão na Europa, importante para a qualidade.

As baterias do novo elétrico foram melhoradas, passando de 33 kWh para 52 kWh, portanto, trazendo consigo um grande avanço em termos de autonomia, além de carregamento otimizado e bem mais rápido: Enquanto os modelos antigos demoravam mais de 4 horas para a carga completa, o Master elétrico precisa de 2 horas para atingir os 80% e 3 horas para a carga completa.

Acompanhando a modernidade, o veículo terá zero emissões de gases atraindo as grandes empresas que buscam crescer se atualizar, mas com responsabilidade ambiental.

A Renault não economizou no visual e na segurança. Muito moderno, com direção próxima aos faróis e grade que aparenta sua maior robustez. Também foram introduzidos controles de estabilidade, tração nas rodas, assistente de rampas e dispositivo anti-capotamento, com estabilizador de ventos laterais.

O modelo Master, que tinha como opções van, chassi-cabine e furgão, teve na última seu maior sucesso, representando mais de 55% das vendas. Sendo assim, a princípio a aposta maior do elétrico deve ser na modalidade de furgão.

No segundo semestre, quando chegarão aos clientes veremos tudo que o modelo entrega.

Fonte: Estadão, 01 de Fevereiro de 2022

InfoTruck

InfoTruck

Somos um veículo de informação do segmento de Transporte e Logística .

InfoTruck, sua rota da informação!