LOGO-InfoTruck-PNG-SemFundo-3

Governo espera queda no diesel após decreto de regra ambiental

Tempo de Leitura: 2 minutos

Após queda de 20% da gasolina em um mês, expectativa é que o diesel caia cerca de R$ 0,10; preço médio hoje é de R$ 7,44

No último mês, a gasolina apresentou uma queda de 20,3% nas bombas. Por outro lado, o diesel registrou uma baixa de apenas 1,72%. De acordo com dados da ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – o preço médio do diesel no Brasil é de R$ 7,44.

Porém, a expectativa é que esse valor caia nos próximos dias. Isso porque na última sexta-feira, foi anunciado um decreto que facilita o cumprimento de metas ambientais para as distribuidoras de combustível. Dessa forma, as empresas tem um prazo até março de 2023 para comprovar os CBIOs (Créditos de Descarbonização). O antigo prazo era ao fim deste ano. Estes créditos, por sua vez, são obrigatórios para compensação da emissão dos gases do efeito estufa.

Leia também: ANTT anuncia reajuste do frete mínimo pela quarta vez no ano

Queda dos CBIOs

Este adiamento foi fundamental para uma queda drástica dos CBIOs. Anteriormente, chegou a ser vendido a R$ 200 em junho. Após o decreto, o preço passou a ser de R$ 97. Com a mudança de prazo, o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, espera nova queda nos preços da gasolina e diesel. “A medida que nós tomamos hoje dos CBIOs vai baixar em mais de R$ 0,10, dessa vez vai abaixar o diesel”, declarou.

No mês de junho, o preço do diesel ultrapassou a gasolina pela primeira vez na história. Os altos valores foram causados pela política de paridade com o mercado internacional e influenciados pelos conflitos entre Rússia e Ucrânia.

A lei do ICMS conseguiu derrubar o preço dos combustíveis. A gasolina, por exemplo, chegou a R$ 5,89 na semana passada. Contudo, para o diesel, a alíquota já era mínima e causou pouquíssimo impacto nas bombas. Agora a tentativa é conseguir reduzir o máximo possível do principal combustível do transporte de carga no Brasil. Por fim, o governo espera uma queda já para os próximos dias.

Fonte: Pauline Almeida, Portal CNN, 25 de julho de 2022

InfoTruck

InfoTruck

Somos um veículo de informação do segmento de Transporte e Logística .

InfoTruck, sua rota da informação!