LOGO-InfoTruck-PNG-SemFundo-3

Entenda como funciona a nomenclatura das rodovias federais do Brasil

Tempo de Leitura: 2 minutos

Saiba como diferenciar BR-054, BR-163, BR-381 e demais estradas país a fora

Quantas vezes, rodando pelas estradas Brasil à fora, nos deparamos com as diferentes nomenclaturas e numerações que definem as rodovias federais e nos perguntamos: “Por quê será que essa estrada tem esse número?”. Bom se você acha que isso é uma ordem aleatória, definida por sorteio ou coisa parecida, está enganado. Mas calma, é mais simples do que parece.

Nas rodovias federais temos sempre seus nomes começando pela sigla “BR”, seguida por três números que funcionam como um código usado de acordo com as características da via. De acordo com o Plano Nacional de Viação, o primeiro número indica a categoria da rodovia e os outros dois, definem a orientação da rodovia em relação à Brasília, a capital federal.

Rodovias Radiais: Começam com o algarismo 0. Elas saem de Brasília com direção aos extremos do país. Podemos citar como exemplos as BR-020, BR-040, BR-070.

Rodovias Longitudinais: As vias iniciadas pelo algarismo 1. São chamadas de Longitudinais, pois “cortam” o país na direção Norte-Sul. Exemplos: BR-101, BR-153, BR-174.

Rodovias Transversais: Estradas em que o primeiro digito é o número 2. São as rodovias que cortam o país horizontalmente, no sentido Leste-Oeste. Os exemplos mais conhecidos são BR-230, BR-262, BR-290.

Rodovias Diagonais: Primeiro algarismo é o 3, atravessam o país nos sentidos Noroeste-Sudeste ou Nordeste-Sudoeste. Como exemplos, pode-se citar BR-304, BR-324, BR-364.

Rodovias de Ligação: Começando pelo número 4, podem estar em qualquer direção ligando as próprias rodovias federais, ou pelo menos uma delas a cidades ou pontos importantes como as fronteiras internacionais do Brasil. Exemplos: BR-401 (Boa Vista/RR – Fronteira BRA/GUI), BR-470 (Navegantes/SC – Camaquã/RS).

Já para definir os algarismos restantes, cada rodovia segue uma regra específica. Nas radiais, esse número varia de 05 a 95, sempre em razão do 05 e em sentido horário. Nas Longitudinais e Transversais, os números são definidos de 00 a 99, de Norte a Sul e Leste a Oeste, respectivamente, tendo o número 50 na Capital Federal. As numerações são proporcionais as distâncias referente à Brasília. Nas diagonais, ficaram definidas por números pares de 00 a 98, na direção NO-SE e por número ímpares, de 01 a 99, na direção NE-SO. Por fim, nas rodovias de ligação, o número representante varia de 00 e 50, se a estiver ao norte do paralelo de Brasília, e entre 50 e 99, se estiver ao sul da mesma.

Agora ficou fácil. Quando pegar a estrada, já saberá onde está e para onde a rodovia vai te levar. Boa viagem!

Fonte: Portal CNT

InfoTruck

InfoTruck

Somos um veículo de informação do segmento de Transporte e Logística .

InfoTruck, sua rota da informação!