LOGO-InfoTruck-PNG-SemFundo-3

Caminhoneiros organizam caravana contra preços dos combustíveis

Tempo de Leitura: < 1 minuto

Caravana dos caminhoneiros está previsto para após o dia 20 de maio em Curitiba; principal alvo é a política de preços da Petrobrás

Os caminhoneiros realizarão uma caravana pelo país. A ideia é protestar contra a alta nos preços dos combustíveis. De acordo coma organização, o principal motivo dos protestos é a insatisfação com as PPI (política de preços de importação) da Petrobrás. A caravana sairá de Curitiba, no dia 23 de maio, em direção a Brasília.

A manifestação está sendo realizada pela ANTB (Associação Nacional de Transporte no Brasil, Liberdade e Trabalho). Além disso, ela também solicitará reestatização de algumas empresas, vistas como fundamentais para a economia nacional, por exemplo, a Vale do Rio Doce.

A insatisfação com a PPI é compreensível. Nesta política, o preço é equiparado com o valor do barril de petróleo no mercado externo. Assim, com as frequentes altas na matéria prima, o preço do combustível dispara nas bombas.

A igualdade e equiparação de valores com o mercado externo é o principal motivo para os preços altíssimos. Contudo, o novo presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho, defende a atual PPI. Sendo assim, não existem movimentos nem sinais de que ela possa ser modificada a curto prazo. O governo federal também não dá indícios de que possa interferir.

Diferente das outras paralisações dos caminhoneiros, esta não deve gerar transtornos com falta de abastecimento. Isso porque ela não tem caráter grevista, mas sim, uma função de atrair as atenções do governo. Por fim, mostrar o impacto no bolso de quem faz parte do setor, demonstrando a clara insatisfação da classe.

A expectativa é de que o trajeto da caravana ultrapasse os mil quilômetros Brasil a dentro.

Fonte: Redação Jovem Pan, 17 de abril de 2022

InfoTruck

InfoTruck

Somos um veículo de informação do segmento de Transporte e Logística .

InfoTruck, sua rota da informação!