LOGO-InfoTruck-PNG-SemFundo-3

ANP pretende extinguir diesel comum do mercado

Tempo de Leitura: 2 minutos

Segundo ANP, o combustível com alto teor de enxofre é mais prejudicial e tem perdido espaço no mercado

O diesel S500 pode deixar de ser comercializado no Brasil. A ANP propõe que o conhecido “diesel comum”, com alta quantidade de enxofre, seja substituído. Assim, a proposta passará por consulta e audiência, conforme determinado pela diretoria colegiada na última quinta-feira, 28.

Leia também: IPCA-15, puxado pelos combustíveis, tem maior aumento para abril em quase 30 anos

A ANP pretende descontinuar, além do diesel S500, o S1800. Este último, bastante utilizado em termelétricas, ferrovias e minerações. Dessa forma, ambos devem ser substituídos pelo diesel S10, com teor bem mais baixo de enxofre.

O diretor da ANP, Daniel Maia exalta a representatividade do diesel S10 no cenário atual: “Desde 2014, com a introdução do S10, a oferta desse combustível tem crescido anualmente. Atualmente, situa-se em torno de 60% de todo o diesel consumido no país”.

Ainda segundo Maia, a procura deve aumentar cada vez mais. Pois, em janeiro de 2023, teremos a chegada da fase P8 de controle da emissão de poluentes. Além disso, deve reduzir a dependência brasileira de importação de óleo diesel.

ANP: especificações da proposta

Contudo, existem outras especificações que constam na proposta da ANP. Modificar a composição do S10 é uma delas. Melhores práticas de transporte e manuseio do diesel e alteração da definição de Diesel A, também estão presentes. Assim, “qualquer matéria-prima não renovável, poderia ser utilizada na produção do combustível. Por fim, inclusão da rota de coprocessamento para produção do óleo diesel.

De acordo com o diretor, o prazo para adoção das boas práticas de transporte e manuseio do diesel é de 90 dias. Por outro lado, as alterações nas especificações têm um período de 180 dias para se adequar.

Maia ainda afirma que existe uma preocupação no Brasil quanto a descontinuidade dos combustíveis S500 e S1800. O abastecimento nacional pode ter problemas. Para isso, se criará um grupo de análise de cronograma que irá gerenciar essa transição.

Fonte: Lais Carregosa, Poder360, 29 de abril de 2022

InfoTruck

InfoTruck

Somos um veículo de informação do segmento de Transporte e Logística .

InfoTruck, sua rota da informação!