LOGO-InfoTruck-PNG-SemFundo-3

4 Primeiros Passos Para Começar Uma Frota De Caminhões

4 Primeiros Passos Para Começar Uma Frota De Caminhões

Tempo de Leitura: 3 minutos
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Você está no ramo de caminhões há algum tempo e se tornou realmente bom nisso? Se você conhece bem o setor e tem a confiança de que poderá ter sucesso na gestão de uma empresa, agora pode ser o momento perfeito para abrir seu próprio negócio de transporte de cargas.

A indústria de caminhões é competitiva e há uma grande vantagem para quem já está no ramo. Se você está pronto para abrir uma empresa de transporte rodoviário, mas não tem certeza por onde começar, este guia simples o ajudará a planejar e executar a construção de seu próprio negócio.

O que é necessário para iniciar uma empresa de frotas de caminhão de sucesso? Aqui estão 3 passos para colocar sua empresa de transporte rodoviário em operação:

  • Escreva um plano de negócios para sua empresa de transporte de cargas:

A primeira coisa que você precisa para lançar sua nova empresa de frotas é um plano de negócios abrangente. Seu plano de negócios definirá para onde você quer ir e como pretende chegar lá. Escrevê-lo permitirá que você pense em todos os detalhes necessários para o sucesso de sua nova empresa de transporte de cargas. As instituições financeiras estarão engajadas com você e mais aptas a fornecer financiamento inicial quando virem que você produziu um plano de negócios abrangente.

Aqui estão alguns dos tópicos idealmente abordados em seu documento de plano de negócios:

  • Qual é o seu negócio? O que exatamente será feito e como será executado? Como a empresa será organizada?
  • Qual é o seu mercado? Discuta as condições comerciais atuais e futuras, o nicho de mercado específico que você espera preencher, os concorrentes com os quais terá de lutar e os fatores que irão diferenciar sua empresa de outras.
  • Qual é a sua visão financeira? Forneça uma visão geral de suas despesas e receitas esperadas.
  • Qual é a sua base de clientes? Quem, especificamente, espera ser seu cliente? Quantos clientes pretende atender?
  • Qual é o seu plano de marketing? Descreva como você planeja chegar a clientes em potencial.
  • O que faz parte da equipe de pilotagem da sua frota? Quantos motoristas você usará e de onde espera obtê-los? Você os contratará diretamente ou os trará como subcontratados?
  • Escolha o equipamento de frota certo com base no que você planeja transportar:

O tipo de equipamento de que você precisa será determinado pelo tipo de carga que você planeja transportar. Quão potentes devem ser os motores do caminhão para acomodar as cargas que irão puxar? Quanta capacidade de trailer você precisa? Você precisa de reboques regulares, reboques planos, reboques refrigeradores ou talvez reboques de caminhões?

Antes de adquirir um caminhão, faça uma inspeção física, incluindo motor, portas, janelas e pneus. Examine as superfícies expostas do veículo quanto a sinais de ferrugem. Assim como você abordaria a compra de um carro familiar com cuidado, aborde a compra de veículos para sua frota da mesma maneira. Por exemplo, você vai querer fazer um test drive o mais extenso possível com qualquer caminhão que esteja pensando em adicionar à sua frota.

Pratique manutenção periódica, evitando surpresas nos seus veículos o que pode levar a frota parada ou precisar recorrer a créditos bancários, acarretando em prejuízos para a sua empresa.

  • Compreenda todos os custos operacionais da sua nova empresa:

O aspecto mais importante para administrar uma frota de caminhões de sucesso é gerenciar e compreender seus custos operacionais. Na estrada, o transporte rodoviário é um espaço altamente competitivo, e obter cargas lucrativas requer licitações com precisão. Lance muito alto e você não conseguirá o contrato. Um lance muito baixo e você ganha o contrato, mas perde dinheiro com o transporte.

Saber quanto você deve cobrar a fim de obter lucro com as cargas que transporta exige um bom entendimento de suas despesas operacionais, incluindo os custos de manutenção e reparos, aluguel de caminhão ou pagamentos de compra, seguro, combustível, salários e benefícios, e despesas de escritório. Uma de suas primeiras prioridades deve ser implementar sistemas eficazes para rastrear esse tipo de informação.

  • Capital de giro, Fluxo de Caixa e prazos de Pagamento e Recebimento:

Algo muito comum, principalmente nos últimos anos, é o prazo prolongado de pagamento dos embarcadores. Devido a alta quantidade de transportadores, esses embarcadores prorrogaram os prazos de pagamento para até 90 dias, em alguns casos, o que exige uma organização e um capital de giro da transportadora capaz de arcar com os custos operacionais como combustível, diárias, manutenção do veículo e combustível.

Importante alinhar também os seus prazos de pagamento com seus parceiros (postos, oficinas, ferramentas de gestão de frotas, sistemas, telemetria…) para que estejam alinhados com o prazo que irá receber.

Faça um bom planejamento financeiro, evite pagar juros, tenha bons profissionais ao seu lado , organize sua empresa e trabalhe com margens mais folgadas, para que não seja pego de surpresa que deixe a sua empresa em situações difíceis.

Deixe uma resposta

Você também pode gostar de ler:

InfoTruck

InfoTruck

Somos um veículo de informação do segmento de Transporte e Logística .

InfoTruck, sua rota da informação!

Inscreva-se para receber as
últimas novidades por email:

%d blogueiros gostam disto: